quarta-feira, 26 de março de 2014

Bem Aventurados os Mansos


Bem aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Mateus 5:5

Felizes são os mansos. E quem seriam os mansos?
De acordo com o original no grego, a palavra manso se refere aqui aqueles que possuem uma disposição no espirito em aceitar os tratamentos de Deus como algo bom, sem reclamar, resistir ou questionar o Seu agir. São aqueles que conseguem entender que Deus usa até mesmo situações ou circunstâncias adversas, para purificar Seus escolhidos.
Os mansos fazem o oposto daqueles que buscam os seus próprios interesses, eles preferem esperar e confiar na fidelidade e nas promessas de Deus.
E porque eles tem um espírito gentil, maleável ao Espírito Santo de Deus existe uma promessa para esses: uma terra que mana leite e mel. Deus em toda a Sua palavra fala de uma terra especial preparada para o povo escolhido. Aqui nesse texto e nesse contexto Ele determina quem serão os que habitarão nessa terra: os mansos. Essa promessa é real. Existe um governo vindouro de Jesus, no qual Ele será o Rei eterno e os mansos herdarão com Ele essa terra, porque no tempo presente já escolheram aceitar o governo de Jesus sobre suas vidas, independente da situação.

Paz,
M.S.

terça-feira, 18 de março de 2014

Do Tamanho de Deus


E quão grande esse vazio se torna quando tentamos preenche-lo com qualquer coisa fora Dele! Só a presença de Deus é capaz de nos preencher por completo. Pois, fomos feitos por Ele e para Ele. Fora Dele não há sentido algum!

M.S.

Instagram: @psicologiadoreino
http://notempoenoespaco.tumblr.com

sexta-feira, 14 de março de 2014

Bem Aventurados os que Choram


Bem aventurados os que choram, porque eles serão consolados
Mateus 5:4

Felizes são os que choram = choram, nesse caso, significa aqueles que lamentam.
Que choro é esse que Jesus está se referindo?
Sabe quando muitas vezes choramos por escolher fazer o que é certo e não ver a recompensa imediata de nossas escolhas, enquanto os ímpios parecem prosperar?
Sabe quando as vezes lamentamos uma perda, que parece irrecuperável? 
Sabe quando lamentamos a morte?
Choram aqueles que reconhecem a falta, choram aqueles que sabem que há muito mais para aqueles que creem, choram aqueles que não se contentam com esse mundo que está em trevas, choram aqueles que não estão anestesiados diante da injustiça, choram aqueles que são perseguidos por causa do amor, choram aqueles que esperam por um total encontro com o Seu criador.
Choram não porque são tristes, mas porque reconhecem que não existe plenitude fora de um relacionamento íntimo e verdadeiro com Deus. E que isso só será 100% possível quando estivermos face a face com Ele.
Mas, diante disso tudo precisamos entender que existe uma recompensa para os que choram. E foi Deus quem prometeu esse consolo.
E o que significa esse consolo? Significa receber conforto, encorajamento, instrução, na presença de Deus. Não é a toa que o próprio Espirito Santo é conhecido como o Consolador e Ele habita em nós, os que creem em Jesus. Se Ele é o Consolador é porque haveríamos de precisar de consolo, enquanto nessa Terra.
Existe uma promessa de consolo, de conforto! Lemos no Salmo 126 que todos aqueles que semeiam em lágrimas colherão com alegria.
E fora as nossas conquistas terrenas, existe uma promessa eterna, de que todas as nossas lágrimas vão ser um dia enxugadas e de que não haverá mais dor a partir daquele dia, mas apenas o consolo eterno, por estarmos para sempre ao lado do nosso Deus.

“Aniquilará a morte para sempre, e assim enxugará o Senhor DEUS as lágrimas de todos os rostos, e tirará o opróbrio do seu povo de toda a terra; porque o SENHOR o disse.” Isaías 25:8
“E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.” Apocalipse 21:4

Paz,
M.S.

quarta-feira, 5 de março de 2014

Saudades do Meu Pai


Eu sinto falta da Sua voz
Me chamando pra entrar
Eu sinto tanta saudade
De caminhar Contigo
Saudades do meu Amigo,
Saudades do meu Pai
Pai, eu sei que não mereço
Mas, eu não tenho pra onde ir,
Eu sinto tanta saudade
De conversar Contigo,
Saudades do meu Amigo
Saudades do meu Pai
Eu vou voltar pra casa do Pai
Eu quero o amor da casa do meu Pai
E repousar tranquilo nos braços do meu Pai

sábado, 1 de março de 2014

Bem Aventurados os Pobres de Espírito


Bem aventurados os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos Céus. Mateus 5:3

Bem aventurados = Felizes são.
Humildes, ou em outras traduções pobres (do grego pto-khos) significa aqueles que não tem riqueza, posição, honra. São aqueles que carecem de algo.
Espírito = Pneuma =  o espírito racional, o poder pelo qual o ser humano sente, pensa, decide.
Reino dos céus = é o reino soberano de Jesus, que já está entre nós hoje, mas que será implantado futuramente na Terra, depois da segunda vinda de Jesus.

Os pobres de espírito são aqueles que reconhecem sua dependência total de Deus. Sabem que não são nada sem Ele. Não são independentes do Seu criador. Reconhecem que precisam de Deus todos os dias para o seu sustento espiritual, emocional e físico.
Não tem vergonha de se humilharem perante Ele. E não se satisfazem ou se consideram ricos por possuírem coisas no tempo presente (riquezas, honra, status), porque sabem que sem Deus não são e não tem nada.

Aparentemente são pobres, mas na verdade são ricos, pois possuem dentro de si, a maior riqueza de todas: a presença do Infinito, do Criador de todas as coisas. 

M.S